Retalhos Amigos


BANHOS

Convivemos com as pessoas lado a lado, por muitos anos, e não entendemos, por vezes, suas manias, suas idiossincrasias. Há algumas, pelo menos, que não percebemos, apesar de captarmos delas explicações simplistas.
Falo da mania da minha amiga de escola, Ana, para a qual estou tentando até hoje olhar com meus olhos de adulta amadurecida.
Morávamos juntas, no apartamento que repartíamos  com mais duas outras colegas, das quais guardei menos lembranças  duradouras.
Ana era uma jovem interessante, no que isto possa querer significar. Interessante deve ser algo ou alguém que possui certas bizarrias, certos elementos inerentes que provocam surpresa constante em quem está próximo.
Ela parecia ter sempre uma carta de baralho escondida na manga, um ás de "ouros", que ela acenava no ar, quando a gente pensava ela haver já perdido o jogo.
Mas, voltando às manias mesmo, a de Ana era a de tomar banho. Mas, não era um simples banho, de todos nós, seres humanos sujos e suados, que necessitamos da água para a higiene corporal. A higiene dela, no caso, era total: lavava o corpo, a mente, a alma e o humor. Renovava-se a cada banho. Gastava horas embaixo d'água. Ali, na banheira, cantava em português, em inglês ou até em russo, sem saber nada do último idioma. Jogava água para cima, fazia gargarejos sonoros, ria e falava com  quem estivesse por perto.Senão, falava sozinha mesmo. Ensaboava-se até quase estragar a pele. Recendia a sabonete ao sair, borrifando água dos cabelos, que sacudia, antes de enxugar.
A reclamação, partida de nós outras, por causa do tempo que ficava na água ( que afinal era despesa comum nossa) acabou por cessar. Os banhos de Ana eram parte dela, de sua substância, de seu estar-no-mundo. Ana, a liqüefeita, a sereia, a mãe-d'água, eis seus codinomes.
E era bom para todo mundo seu perfumado e dispendioso hábito. Ela resolvia os problemas de difícil solução, sempre após o banho. Era tomar banho e pronto, "eureka"!
Lá vinha uma idéia brilhante. Enxugava-se, já expondo o que o banho lhe acabava de suscitar. Planos, sugestões, conselhos, sempre os exprimia depois do banho.
Sua aliada, a água, incorporava-se nela e a gente já sabia que, após uma briga ou um bate-boca pueril, Ana já se encaminhava a buscar a toalha para o banho.
Ao invés de uma pílula calmante ou um chá, Ana usava o banho.
Boa medida, aliás, se não fosse tanto exagero. Porque ela se esmerava em procurar detalhes para o ritual : água no ponto exato de temperatura_ media-o com o dorso da mão, muito séria_ , sabonete, xampu, escova de ensaboar, toalha sempre seca, tapetinho para os pés, também impecavelmente seco.
Parecia uma noiva se preparando para a cerimônia nupcial.
E o mais notável de tudo, é que passamos a aceitar seus banhos como coisa tão importante para ela, que não interferíamos mais neles e até os incentívávamos: "Ana, vá tomar banho!", gritávamos em coro, quando ela se mostrava irritada ou nervosa. E o que era melhor, ela acolhia, feliz, nossa sugestão.
Tomava seu banho de água e espuma e até hoje não sei explicar porque, mas sei que terapia mais completa e eficaz que os banhos de Ana não há.
Dora Vilela


 Escrito por Dora às 17h06
[   ] [ envie esta mensagem ]




RENDIÇÃO

Não aproveito a lição das coisas,
só busco talvez o escuro,
e ando de costas prá frente,
amando ternamente o ridículo
desta tola situação.
Que apego é este que a dor me traz?
E que negação é esta que tanto me atrai?
Ah! soubesse onde encontrar
aquilo que nem  sei se procuro!
Inevitavelmente, sonho,
invento motivos, razões,
prá tornar a vida habitável,
prolongando as mesmas questões.
Não, não sei do que falam
acerca de deuses e homens.
Não participo daquilo
que nem ouso afirmar.
Então, sigo sempre
nos sulcos já abertos,
num cansaço antecipado,
com o sestro habitual
de animal submisso
que sabe sua rota batida
e nem cogita em voltar.
Dora Vilela


 Escrito por Dora às 21h43
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]




 
Histórico
  02/01/2005 a 08/01/2005
  19/12/2004 a 24/12/2004
  12/12/2004 a 17/12/2004
  05/12/2004 a 10/12/2004
  28/11/2004 a 03/12/2004
  21/11/2004 a 26/11/2004
  14/11/2004 a 19/11/2004
  07/11/2004 a 12/11/2004
  31/10/2004 a 05/11/2004
  24/10/2004 a 29/10/2004
  17/10/2004 a 22/10/2004
  10/10/2004 a 15/10/2004
  03/10/2004 a 08/10/2004
  26/09/2004 a 01/10/2004
  19/09/2004 a 24/09/2004
  12/09/2004 a 17/09/2004
  05/09/2004 a 10/09/2004
  29/08/2004 a 03/09/2004
  22/08/2004 a 27/08/2004
  15/08/2004 a 20/08/2004
  08/08/2004 a 13/08/2004
  01/08/2004 a 06/08/2004
  25/07/2004 a 30/07/2004
  11/07/2004 a 16/07/2004
  27/06/2004 a 02/07/2004
  20/06/2004 a 25/06/2004
  13/06/2004 a 18/06/2004
  06/06/2004 a 11/06/2004


Outros sites
  Ariane
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?